Transformação Digital na indústria: 5 aprendizados de C-Levels.

Cultura de inovação, abertura à comunicação, foco em pessoas, errar e consertar rápido são alguns dos caminhos que líderes em inovação compartilharam para iniciar uma jornada de transformação digital. Confira!


Transformação digital é um dos top 10 assuntos mais falados aqui na weme e cresce cada vez mais como prioridade nas agendas da maioria dos C-levels líderes de indústria, principalmente no contexto atual, que teve a pandemia de covid-19 como um catalisador para uma série de iniciativas que antes estavam engavetadas ou caminhando a passos lentos. 

Apesar de já ser uma buzzword muito conhecida, é comum vermos pessoas resumindo a transformação digital apenas à adoção de novas tecnologias. Ao contrário do que muitos acreditam, a transformação digital tem menos a ver com tecnologia e mais a ver com pessoas. Como afirma um artigo recente da Harvard Business Review, "as tecnologias são sim muito importantes, mas só são realmente eficientes quando combinadas às qualidades humanas certas".

No sentido de guiar organizações rumo à transformação digital, nós lançamos em 2020 uma série de entrevistas com C-Levels, parte do Hackeando a Indústria - um evento com o objetivo de trazer visões reais e "pé no chão" para ajudar a visualizar e encontrar novos ângulos rumo à inovação em organizações tradicionais.

Neste post, trazemos algumas dessas visões: são erros, acertos, conselhos e experiências de líderes que já passaram ou estão passando pelo processo de transformação digital e inovação. Afinal, nada melhor do que aprender com quem já faz, não é? 

Cristina Buzatto

Cristina Buzatto, CEO da Technopark
Qual o atributo-chave para uma mais indústria inovadora?

"Um atributo chave é a cultura, aprendi isso pela dor. A cultura faz uma diferença gigante na empresa. O desafio é: Como eu crio uma cultura de aprendizado? Existe uma zona de conforto e ninguém cresce lá. Temos que dar uma chacoalhada e, para isso, a cultura da sua empresa precisa estar abraçando esse desafio como se fosse algo muito legal, como se estivessem experimentando a cultura de uma nova cidade mesmo. Outro ponto importante é que você não consegue construir coisas diferentes se você não estiver centrado no cliente. Falamos muito de customer experience, mas e o employee experience? Será que as pessoas que trabalham comigo são felizes? Se não forem, nada disso que eu tô falando pra você adianta."

Você pode acessar a entrevista completa aqui.

Marcelo Oromendia, Presidente da 3M Brasil.
Como acontece a inovação na 3M?

"A maioria das nossas inovações não acontece com os produtos patenteados, mas sim nos segredos industriais não-patenteados: processos de manufatura, logística, etc.

O mundo avança muito rapidamente e nós precisamos inovar. Por exemplo, e-commerce: estamos experimentando agora, metade da população brasileira está comprando online neste momento. Como a 3M está trabalhando isso? Bem, nós não somos a Amazon, mas temos que ter inovação e isso não é sobre tecnologia, é sobre a forma como trabalhamos. A comunicação com nossos clientes está mudando muito. Como vamos falar com uma enfermeira que precisa dos nossos produtos mas não podemos visitá-la em um hospital?

Você pode acessar a entrevista completa aqui.


Christian Arntsen, Presidente da Starrett
Melhoria contínua vs inovação.

"Isso é um grande desafio. Não podemos deixar o dia a dia, os KPIs e objetivos de faturamento de lado. Mas ao mesmo tempo, também temos que ter um espaço para pensar além disso. Tem coisas de melhoria contínua que são melhorias incrementais e eu vejo que a inovação é uma melhoria exponencial. Esse é um dos grandes desafios das empresas tradicionais: como conseguir olhar para h1, h2 e h3 e destinar um pouco do tempo para pensar como será daqui há 5 anos, por exemplo."

Você pode acessar a entrevista completa aqui.

Gustavo Franca

Gustavo Franca, Líder global de Tecnologia e Digital na Gerdau
Um erro no processo de transformação digital que levou à direção correta?

"Em uma organização orientada à aprendizagem, é normal que você tenha erros e pivote. Temos uma série de modelos que tentamos desenvolver lá atrás e no final não deram certo. Acho que um grande erro que cometemos foi estar mais focados na tecnologia do que na transformação em si. Hoje fica claro que não temos que nos apaixonar pela tecnologia e sim pela oportunidade e pelo problema que temos que solucionar. Se você mantém o foco assim, independente do como você vai atuar, você racionaliza bem o encontro da solução final.   

Eu lembro que nós fizemos uma série de aplicativos que hoje a gente se pergunta: pra quê? Mas tudo isso teve o seu valor porque a gente aprendeu que fazer pequenos experimentos traz intangíveis que você retroalimenta. De fato, inovar significa ter pragmatismo e conexão direta com a estratégia."

Você pode acessar a entrevista completa aqui.


Paulo Rocca

Paulo Rocca, Vice Presidente na Bosch
Um conselho para indústrias que querem iniciar algum tipo de inovação?

"Começaria por ganhos pequenos e iniciativas pequenas. Quando vejo empresas grandes fazendo mega iniciativas, não acredito que seja essa a solução. A recomendação seria: comece pequeno, com pequenos passos, criem cases de sucesso. A inovação não vem só da teoria, vem de muita prática. Pra começar a ter casos e provar para sua organização que aquele é um caminho, não basta estabelecer um mega time, criar um mega programa e investir muito dinheiro, pelo contrário."

Você pode acessar a entrevista completa aqui.

Começar a transformação digital dentro das empresas não é tarefa fácil e exige sempre um primeiro passo - mesmo que pequeno. Nesse sentido, o Design surge como um grande aliado: através dessa abordagem, conseguimos colocar foco em grandes objetivos, mas sempre pensando em pequenas ações com resultados tangíveis, adaptados para cada jornada. 

Assista nosso talk sobre Transformação Digital para saber mais =)


Vamos Conversar?


Compartilha seu desafio com a gente

#contapraweme

Enviado com sucesso. Logo logo entraremos em contato.
Ops! Algo deu errado. Consegue recarregar a página e tentar de novo, por favor? :)