Marisa Oliveira

Compartilhar no

Categoria:

Inovação

6 hacks para ter um belo repertório e ser uma pessoa criativa

Verdades inconvenientes (ou não) sobre a criatividade, a importância do repertório nesse processo e algumas maneiras de ampliar esse tesouro particular.

Sim, começamos esse texto afirmando que criatividade é processo. Pode parecer meio contraditório, pois as primeiras coisas que vêm na mente quando se fala de criatividade são pinceladas espontâneas numa tela, acordes improvisados num instrumento musical, a pessoa que senta e simplesmente escreve páginas e mais páginas de seu livro, aquela sacada genial de uma propaganda. 


A primeira coisa que precisamos entender é que esses exemplos acima são de criatividade sim, mas essa belezinha não se resume apenas a isso. Pode ser que tenhamos maravilhosos clarões como estes (ou insights se você preferir) de maneira espontânea. Pode acontecer sim. Mas na realidade isso acontece pouco e muitas das criações que vemos por aí estão ligadas a processos definidos e não a esses clarões. Se você é do time das pessoas que não sai dando pinceladas ou tendo muitas ideias geniais todos os dias, continue lendo para saber quais os trunfos que uma pessoa que quer ser criativa tem porque, sim, criatividade é para todas as pessoas!


O repertório é o seu tesouro


Repertório é algo tão importante que já faz grande diferença na infância de uma pessoa. As crianças que têm seus sentidos estimulados através de vivências diversas com musicalidade, contato com a natureza, trabalhos manuais, atividades físicas, diversidade alimentar, dentre várias outras possibilidades, são nitidamente mais desenvoltas do que as que saem pouco de casa, principalmente as que vivem em apartamentos ou casas com pouco espaço, e/ou que fazem uso excessivo de telas.


Através do repertório, conseguimos fazer valiosas sinapses que renderão muitas possibilidades; que pode ser uma ideia nova que parte tudo que já vimos - ou da ausência do que não vimos ainda - e que a mente nos induz a questionar: e se eu fizer tal coisa? E se for assim? Será que alguém já inventou isso? Como ninguém pensou nisso antes?


E daí vai para o infinito e além: as conexões que fazemos entre referências, situações, possibilidades, problemas e soluções que, basicamente, geram possibilidades infinitas. A Carol Nucci, que é CMO na weme, fala que “a criatividade é exponencialmente proporcional ao tamanho do nosso repertório.”. Em outras palavras, quanto mais nos permitimos conhecer, melhores ficam nossas possibilidades de criar. 


Com seu tesouro você pode criar obras valiosas 


Bom, nós somos o resultado de uma série de experiências, certo? Sendo assim, tudo o que vivemos, somado a tudo aquilo que estudamos, pretendemos, buscamos, testamos e por aí vai, toda essa soma de informações nos leva a possibilidade de criar algo. Inclusive, por isso que a diversidade é um conceito tão importante. Na hora de pensarmos novas ideias ou soluções, quanto mais pessoas com diferentes vivências a gente reúne, mais rico fica o processo justamente por causa dessa pluralidade que cada uma pode trazer.  


E por falar em riqueza, a criatividade é como saber escolher as pedras e metais certos que você tem no seu tesouro para criar a peça que você quiser, como um lindo colar. E se você une isso à técnica, se faz um bom planejamento com fases bem definidas para executar essa criação, ou se coloca uma dessas pedras para consertar uma outra peça que já existia, pronto! Você está exercendo a sua criatividade plenamente.  


Faça seu tesouro crescer sempre


Preparamos uma listinha com alguns macetes (os famosos hackzinhos) para você ter mais criatividade em sua vida, inclusive daquele tipo espontâneo das pinceladas na tela ou de pensar rápido uma solução para um problema.


Invente moda 

Crie projetos pessoais, faça um trabalho voluntário, dedique um tempinho para fazer coisas que nunca fez. Você vai ver que em pouco tempo você terá adquirido grande experiência em qualquer coisa que seja e, no futuro, de alguma forma, essa experiência poderá te ajudar. 


Prove todos os sabores da sorveteria

Há quem critique as pessoas que sabem de tudo um pouco. Mas a verdade é que essas pessoas têm muito mais chances de fazer boas escolhas justamente por terem tido uma palinha de cada coisa e, assim, poder decidir com mais certeza no que gostariam de se aprofundar, por exemplo. 


Cursos, cursinhos ou cursões? 


Não tem jeito: estudar abre infinitas possibilidades sempre. Do aprendizado de técnicas, teorias, história e tudo mais, até a socialização, os contatos, as dinâmicas e afins, tudo isso são portinhas se abrindo para diferentes direções. E, embora toda forma de estudo seja super válida, a gente deixa uma dica específica: nesse mundo volátil, incerto… e tudo mais, vale muito a pena aprender rápido e aprender sempre. Então, cursos rápidos e conteúdos simplificados são altamente recomendados. 

Andragogia, sua linda


Isso é sobre como as pessoas adultas aprendem, considerando que já não temos tantas possibilidades de dedicar grande atenção, tempo e profundidade a um assunto como quando a gente era criança ou adolescente. Então, essa ciência pesquisa como as pessoas adultas aprendem e quais são as melhores maneiras. Ao consumir esses conteúdos menores, nos preparamos e discernimos no que queremos aprofundar. Algumas maneiras: newsletters como a da weme, artigos menores, eventos curtos, áudios de palestras, podcasts, a maravilhosa maratona de aprendizagem, que aqui na weme amamos demais! E por aí vai. Escolha o que você gosta mais e bora aprender. 

Alô teste, teste!


Testar ideias, possibilidades, soluções, receitas, exercícios, novas práticas, retomadas e assim por diante. Busque testar suas ideias, seja de maneira simples, com pessoas que você conhece, redes sociais, pequenas configurações ou gambiarrinhas. E também vale fazer de maneira mais profunda, trazendo técnicas e processos mais detalhados se quiser. A weme tem uma visão especial sobre cultura da experimentação, que você pode ler clicando aqui.


Senta que lá vem história


Por fim, a mais antiga e talvez a mais importante maneira de aumentar o repertório seja esta: saber ouvir histórias. Não há nada como a pessoa que sabe simplesmente ouvir, fazer uma boa escuta e tirar aprendizados, emoções e ideias disso. Não importa se boas ou ruins, não importa se lendo, assistindo ou ouvindo; quanto mais histórias conhecemos, melhores e mais abrangentes ficam nossas referências. É simplesmente isso, não tem erro.

 

Nos dias 22, 23 e 24 de março, vai rolar a segunda edição do Innovation Voices, que traz pessoas incríveis contando suas histórias sobre projetos, ideias, pessoas e, principalmente, os aprendizados em cada um desses momentos e encontros. 


Anima participar? Inscreva-se clicando aqui :) 


Encaixe alguns desses itens na sua rotina aos poucos. Pode ter certeza que você vai ser aquela pessoa criativona que tem ideias incríveis, inventa coisas geniais, vê soluções para os problemas e simplifica a própria vida com facilidade. 


Venha aumentar seu repertório com a gente. Por aqui a empolgação está bem grande para conhecer esses cases :) 

 

Inscreva-se clicando aqui embaixo:


Innovation Voices - 22, 23, 24 de março - online e gratuito 


👀  O que ler depois

Marketing Insights: como convertemos pesquisas em melhores tomadas de decisões? (+ kit de ferramentas para auxiliar nisso)

Marketing Insights: como convertemos pesquisas em melhores tomadas de decisões? (+ kit de ferramentas para auxiliar nisso)

Marisa Oliveira

Saber mais
Consultoria de Inovação: como escolher a melhor para sua empresa

Consultoria de Inovação: como escolher a melhor para sua empresa

Carolina Nucci

Saber mais
Venture design: o papel do design na jornada de venture building

Venture design: o papel do design na jornada de venture building

Marisa Oliveira

Saber mais

Que tal assinar nossa newsletter?

Nossos conteúdos são feitos pra quem não quer deixar de aprender mesmo na correria do dia a dia:

• Formatos curtinhos
• Curadoria de ótimas fontes
• Divulgação de eventos e conteúdos sobre inovação e design
• Quinzenalmente por semana pra não lotar sua caixa de entrada
• Feitos com muito amor 💜